Responsabilidade Social – CSR

Responsabilidade Social – CSR

O Porto Central será um importante motor para o desenvolvimento social e econômico do Município de Presidente Kennedy e entorno. Consciente da sua responsabilidade social, o Porto Central vem desenvolvendo uma gestão portuária integrada, consistente e transparente, apoiada nos princípios e valores da responsabilidade social sustentável.

Não há dúvidas que o desenvolvimento deste complexo industrial portuário gerará oportunidades não somente para a indústria e o comércio, mas também para a população local. E, para tanto, o Porto Central vem trabalhando junto a atores públicos e privados uma série de programas para mitigar os impactos e maximizar as oportunidades e a qualidade de vida local.

O objetivo é que a implantação do complexo industrial portuário Porto Central impulsione de vez o crescimento e o desenvolvimento do Município de Presidente Kennedy e das suas áreas de influência, como Itapemirim, Marataízes e Cachoeiro de Itapemirim, no Estado do Espírito Santo, e Barra de São Francisco, no Estado do Rio de Janeiro.

O Porto Central se empenha em construir um relacionamento harmonioso, confiável e duradouro com todas as partes envolvidas direta e indiretamente com o projeto.

csr
igreja

Igreja Nossa Senhora Das Neves

A Igreja Nossa Senhora das Neves foi originalmente construída em madeira pelos jesuítas em meados do Século XVII e reconstruída em 1694 em alvenaria, com ajuda de índios catequizados e escravos. Em 1750, recebeu a imagem da padroeira Nossa Senhora das Neves.

A Igreja tem importância histórica e marca o nascimento do Município de Presidente Kennedy. Paredes, portas, janelas, altar, santíssimo, as eiras na borda do telhado e os púlpitos permanecem com a arquitetura original.

Anualmente, entre os dias 1 e 5 de agosto, a paróquia realiza a tradicional festa de Nossa Senhora das Neves, atraindo cerca de 50 mil visitantes e devotos de todo o país.

A Igreja Nossa Senhora das Neves está localizada nas proximidades do porto. E para o Porto Central, apoiar a cultura local é garantir a preservação da identidade brasileira e a história da região, razão pela qual vem apoiando a implementação de projeto paisagístico no entorno da igreja e melhoria na sua infraestrutura de acesso.

Programa de Treinamento

TreinamentoO Porto Central vem desenvolvendo o Programa de Capacitação Profissional – PCP que tem por objetivo estabelecer estratégias para preparar e capacitar profissionalmente a mão de obra existente na área de influência direta do porto, e complementarmente, na área de influência indireta.

A área de influência direta do Porto Central é constituída pelos Municípios de Presidente Kennedy e Marataízes, no Estado do Espírito Santo, e São Francisco de Itabapoana, no Estado do Rio de Janeiro. Já a área de influência indireta é constituída pelos Municípios de Itapemirim e Cachoeiro de Itapemirim, no Estado do Espírito Santo, e Campos dos Goytacazes, no Estado do Rio de Janeiro.

A implantação do Porto Central será um importante vetor para o crescimento econômico de toda a região sul do Estado do Espírito Santo, bem como será responsável pela geração de muitos empregos diretos e indiretos.

 

 

Curso de TreinamentoA mão de obra prevista para a implantação do Porto Central será específica, abrangendo as áreas de construção civil (movimentação de terra, concretagem, alvenaria, entre outros), de montagem de estruturas metálicas, de montagem de equipamentos, de montagem de sistemas de tubulação, aplicação de isolamento, aplicação de pintura industrial, montagem elétrica e instrumentação, dragagem, administração, planejamento, apoio, meio ambiente, segurança, prevenção e controle de riscos de acidentes, entre outros.

Esse cenário reforça a importância da capacitação profissional e da melhoria da qualificação da mão-de-obra local para assegurar a contratação de trabalhadores e egressos desses cursos de capacitação profissional, bem como para modernizar toda a cadeia de serviços local.

As ações adotadas no PCP proporcionarão condições para o treinamento e aperfeiçoamento técnico da mão-de-obra local e, principalmente, para o devido aproveitamento nas vagas de trabalho que surgirão com a implantação deste novo porto.

 

 

shutterstock_96602131

As vagas não preenchidas por moradores da área de influência direta do porto e, complementarmente, da área de influência indireta, serão disponibilizadas a profissionais oriundos de outras regiões. Além disso, o Porto Central dará prioridade à contratação de mão de obra local qualificada e também dos egressos dos cursos de capacitação.

O Porto Central tem se relacionado com os principais atores dos municípios da área de influência direta e indireta com o objetivo de dar conhecimento do projeto e estreitar as relações na região. Em 2013, foi realizado um diagnóstico em Presidente Kennedy para verificar a situação da mão-de-obra local intitulado “Estratégias para o Desenvolvimento de Oportunidades de Emprego”, o qual subsidiou a definição de ações e estratégias para a preparação da mão-de-obra local, dando início as ações voltadas para a área de capacitação profissional em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura Municipal e Sistema S.

No âmbito do Programa Progredir de Presidente Kennedy, foram realizados entre os anos de 2013 e 2015, diversos cursos voltados para a cadeia de abastecimento que está sendo formada a partir da indicação positiva da implantação do porto. Naquele período, foram oferecidas 1.641 vagas e aproveitadas quase 70% delas, resultando em mais de 1.000 formandos.

Atualmente, o Porto Central está promovendo um processo de diálogo com os órgãos municipais e estaduais para o detalhamento do planejamento e execução do programa junto às instituições de ensino parceiras. Assim que tomada a decisão de investimento do projeto, que depende da conclusão dos contratos comerciais, as oportunidades de capacitação profissional serão amplamente divulgadas.

Oportunidades de trabalho serão dadas em igualdade de condições a todos os interessados, de forma a promover diversidade e inclusão, além de assegurar perspectivas futuras e oportunidades de crescimento profissional para os trabalhadores.